Vídeo: mulher é denunciada após oferecer sexo e dinheiro para não receber multa em Salinas

Na madrugada deste domingo, 31, agentes de fiscalização do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) registraram o flagrante de uma situação inusitada em meio a operação de rotina realizada na Rodovia PA-444, em Salinópolis, nordeste paraense. Na ocasião, uma mulher, que teria sido parada pelos agentes na “Operação Lei Seca”, tentou contornar a situação, subornando a equipe em troca de vantagens financeiras e sexuais, e em troca, o amigo dela, que dirigia alcoolizado o veículo, fosse liberado da autuação.

O flagrante aconteceu na blitz de retorno à Praia do Atalaia. De acordo com o agente do Detran, o casal foi parado e, no momento em que realizaram o teste do bafômetro (etilômetro), foi identificado o estado de embriaguez. Além da multa, o condutor também recebeu voz de prisão em flagrante por dirigir sob efeito de álcool, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro.

A “negociação”

Após perceber que o amigo estava encrencado, a mulher, que estava no banco de carona do veículo, tentou subornar o agente oferecendo dinheiro ao agente que não cedeu às ofertas, foi então que o agente encaminhou o caso para um outro colega que estava na blitz, para que conduzisse o casal até as autoridades policiais que participaram da operação na rodovia. Foi então que, nesse momento, a mulher continuou oferendo vantagens indevidas, “dizendo que trabalhava numa boate e se ofereceu para fazer um programa sexual em troca da liberação do amigo” (veja o vídeo).



O caso foi relatou à Polícia Civil em Boletim de Ocorrência registrado pelo agente. De acordo com o documento, o agente informou que a mulher ofereceu serviços sexuais para liberar o carro e motorista alcoolizado. Mas, ela não teria percebido que toda a ação de suborno que ela praticava estava sendo filmada pelas câmeras corporais dos uniformes, que fica acoplado aos uniformes dos agentes do Detran e do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv).
PostarEscrevaum Comentário
Cancel