Suspeito por ajudar na morte de crianças tinha interesse na mãe delas

Segundo a polícia, homem teria mandado mensagem para a mãe das crianças momentos antes do crime.

De acordo com a Polícia Civil de Goiás (PCGO), o homem preso suspeito de ajudar no assassinato dos irmãos Luiz Otávio, de 7 anos, e Ayla Luciene, de 5, em Bonópolis, no norte goiano, mandou mensagens para a mãe deles antes do crime. Conforme a apuração, o homem tinha interesse em namorar a mãe das crianças.

Apesar do conteúdo das mensagens não ter sido divulgado, já que o teor é sigiloso, conforme a investigação, não havia relacionamento entre os dois. O nome do homem não foi informado.
Como o homem era conhecido do principal suspeito do crime, Reginaldo Barbosa, de 37 anos, localizado e morto pela polícia no último domingo (10/7), a corporação investiga se ele teve alguma participação na morte dos irmãos. Ele foi visto por testemunhas andando de moto com o suspeito no dia do crime.

O crime

Ayla e Luiz Otávi o foram assassinados com golpes de faca no pescoço na última quarta-feira (6/7). Segundo as investigações, o suspeito Reginaldo José Barbosa, de 37 anos, invadiu a casa e cometeu o crime enquanto a mãe das vítimas trabalhava. A vítima do sexo feminino tinha sinais de estupro.

Desde que os homicídios aconteceram, foi formada uma força-tarefa de policiais militares e civis na tentativa de localizar o suspeito. O suspeito foi localizado na manhã deste domingo na região do assentamento Plínio Sampaio, zona rural de Bonópolis.

Segundo a PM, Reginaldo tentou reagir e houve revide dos policiais, que balearam ele. Um vídeo mostra os militares deixando ele no hospital. Nas imagens, Reginaldo está inconsciente e é transportado na carroceria de uma caminhonete. Em seguida, policiais carregam ele e pedem por uma maca.
PostarEscrevaum Comentário
Cancel