Goleiro Bruno, ex-flamengo, acerta retorno a clube de futebol profissional e jogará Campeonato Carioca

O ex-goleiro do Flamengo entre os anos de 2006 e 2010, Bruno Fernandes está de volta ao futebol. Após ter sua carreira interrompida pelo crime de assassinato a modelo Eliza Samúdio, Bruno ficou longe dos gramados e do mundo do futebol por mais de 10 anos. Agora, o goleiro tentará novamente retornar à rotina de um profissional de futebol.

De acordo com informações apuradas pelo site Torcedores, o goleiro de 37 anos jogará pela equipe do Atlético Carioca, clube da quarta divisão do campeonato estadual. Em seu perfil no Instagram, Bruno comemorou o seu retorno aos gramados e escreveu a seguinte frase aos seus seguidores.

“Voltei! Feliz por voltar a fazer o que eu mais amo. Atlético Carioca, vamos em busca do acesso!”.

Bruno terá companhia no Atlético Carioca de ex-jogador do Corinthians e São Paulo Em seu novo clube, Bruno Fernandes irá atuar junto com Rosinei, meio-campista que atua como volante e que já vestiu as camisas de dois gigantes do futebol brasileiro, Corinthians e Flamengo. Capitão da equipe, Rosinei já vem disputando a quarta divisão pelo Atlético Carioca.

O anúncio do retorno de Bruno ao futebol foi feito oficialmente pelas redes sociais do clube carioca. Um post foi criado e publicado para informar os torcedores do clube sobre o retorno do ex-flamenguista, que já foi tricampeão carioca com a camisa rubro-negra.

Após saída da prisão Bruno Fernandes já defendeu três clubes Preso em 2010, Bruno passou nove anos preso em regime fechado em Minas Gerais. Após esse período sua pena progrediu para o regime semiaberto onde ele tentou retornar ao futebol onde atuou pelo Boa Esporte, Poços de Caldas, Rio Branco-PR e Araguacema.

Em maio desse ano, Bruno voltou a ter problemas com a Justiça após não efetuar os pagamentos de pensão alimentícia ao seu filho, fruto do relacionamento com Elisa Samúdio. No entanto, após aceitação de um pedido de habeas corpus, o goleiro conseguiu novamente liberdade.

O Atlético-MG já faturou quase R$ 40 milhões com as premiações alcançadas até o momento. A ida para as oitavas de final da Copa do Brasil, por exemplo, rendeu R$ 3 milhões aos cofres do time mineiro. O dinheiro é muito importante porque o Atlético tem um elenco caro. A folha salarial do time comandado por Turco Mohamed está entre as três maiores do Brasil.

Na Copa do Brasil, o Galo busca a classificação para as quartas de final e terá confronto decisivo contra o Flamengo, na quarta-feira. O Atlético-MG venceu a partida de ida, no Mineirão, por 2 a 1. Agora decide no Maracanã e precisa apenas do empate para se classificar.

Além da vaga na próxima fase da competição nacional em uma partida de peso contra um de seus grandes rivais, o Atlético-MG também tem em jogo a premiação milionária. Quem se classificar para as quartas de final fatura R$ 3,9 milhões.

O dinheiro seria acrescentado aos quase R$ 40 milhões que o time já faturou. Fora de casa, o Galo vai com força máxima para a partida contra o Flamengo. O objetivo é segurar o ímpeto do time de Dorival Júnior e da torcida rubro-negra, que vai lotar o Maracanã.

Atlético-MG enfrenta Flamengo de olho na vaga e na premiação Bom resultado dentro de campo, significa bom resultado fora das quatro linhas. Contra o Flamengo, o Atlético-MG vai em busca da classificação sobre o arquirrival e da bolada milionária de premiação. O dinheiro é importante para manter uma equipe de qualidade. O Galo é o atual campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.
PostarEscrevaum Comentário
Cancel