Filmado ao matar sogro ‘se mostrou indignado’ ao ser preso em Goiânia, diz delegado

Ele foi encontrado após polícia percorrer 30 endereços em diferentes cidades. Arma que teria sido usada no crime foi encontrada pela polícia.


Vídeo mostra quando homem invade farmácia e atira contra idoso em Goiânia.

O jovem filmado ao matar o sogro dentro de uma farmácia “se mostrou indignado” ao ser preso, segundo o delegado Rhaniel Almeida, responsável pelo caso. Felipe Gabriel Jardim Gonçalves, de 26 anos, foi encontrado na casa de parentes após uma busca de mais de 60 horas e percorrendo 30 endereços em diferentes cidades.
“No primeiro momento em que foi preso, só se mostrou indignado, vamos dizer, mas não questionamos nada sobre o crime”, disse o delegado.
Felipe deve ser interrogado nesta quinta-feira (30). Ele passou a noite na Delegacia Estadual de Capturas.

Segundo a Polícia Civil, Felipe foi preso em uma casa no Setor Riviera, em Goiânia e, no local, ainda havia parentes do investigado. "Ele ficou tentando se esconder dentro da cozinha. Ao entrarmos no quintal, vimos ele por uma janela. A gente verbalizou de maneira muito contundente que ele deitasse no chão, ele não esboçou nenhum tipo de reação, obedeceu e foi preso", explicou Almeida.

A polícia não tem informações ainda se ele esteve no local durante todo o período de fuga ou se passou por outros locais. A polícia ainda acrescentou que as pessoas que deram abrigo ao investigado não devem responder por crimes, em primeiro momento. No entanto, o caso ainda será investigado.

O crime aconteceu na segunda-feira (27) na farmácia onde o idoso era sócio, no Setor Bueno, em Goiânia. Uma câmera de segurança registrou o assassinato (veja acima). De acordo com a polícia, Felipe matou o sogro, João do Rosário Leão, de 63 anos, após a vítima registrar um boletim de ocorrência contra ele por ameaçar a namorada e atirar para o alto durante uma festa.
PostarEscrevaum Comentário
Cancel