Ex-empresário do Luva de Pedreiro revela valor impressionante que o influenciador iria receber

A grande polêmica envolvendo Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro e seu ex-empresário Allan Jesus continua dando o que falar nas redes sociais. Em recente entrevista para o Câmera Record, o profissional abriu o jogo sobre a situação.

Na entrevista para a Record, o ex-agente do influenciadora mostrou documentos auditados. Os arquivos mostram que valores que ultrapassam os R$ 2 milhões ainda seriam pagos ao rapaz.
“Tenho vivido dias de terror, estou andando com medo nas ruas, minha família, meus filhos. Eu nunca censurei, foi uma medida desesperada, porque eu vinha sendo ameaçado constantemente. E me coube naquele momento buscar ajuda”.
Allan Jesus afirmou que nunca roubou um real do influenciador. Ele pontuou que criou um projeto com Iran e eles trabalharam juntos por quatro meses. O empresário declarou que eles ainda não receberam o valor previsto, mas que deve acontecer em julho.
“São marcas globais, eu acho que a gente foi muito bem, somos uma marca muito forte no Brasil, mas ainda vamos receber”.
Allan Jesus havia conseguido barrar as entrevistas com o Luva de Pedreiro na Justiça.
A princípio, Roberto Cabrini teria uma entrevista exibida na última semana, mas a transmissão aconteceu apenas no último domingo (10). Uma liminar solicitada por Allan Jesus, impedia a emissora de levar o material ao ar.

Porém, a Record conseguiu uma autorização judicial. Na conversa com o repórter, Luva de Pedreiro afirmou que foi enganado por conta de sua ingenuidade. O influenciador contou que o empresário chegou a impedir que ele saísse às ruas para jogar futebol com os amigos.
Novamente ataques contra mim, contra minha pessoa. Nunca aprisionei o Iran, como pode se ele estava na Bahia com a família dele. Ele sempre pôde fazer o que quis. Nunca mandei nada. O que existia eram orientações para uma pessoa pública. Nunca me aproveitei da ingenuidade dele”.
PostarEscrevaum Comentário
Cancel