INFO Breaking
Live
wb_sunny

Breaking News

Quem era Genivaldo? Homem faleceu no porta-malas de viatura da Polícia asfixiado com fumaça; filho tem 8 anos

Quem era Genivaldo? Homem faleceu no porta-malas de viatura da Polícia asfixiado com fumaça; filho tem 8 anos

Sobrinho de Genivaldo contou que mesmo diante de tentativa de diálogo policiais usaram spray de pimenta.

A família de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, está indignada com o falecimento do rapaz durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal, em Umbaúba, Sergipe, que aconteceu nesta última quarta-feira (25).

O homem faleceu dentro do porta-malas da PRF asfixiado por uma fumaça na cor branca e densa. Antes de perder a vida inalando fumaça, ele foi imobilizado por policiais, que alegam que ele estava resistindo ativamente à abordagem.

Quem era Genivaldo?

O homem que perdeu a vida é Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos. Por conta de esquizofrenia, ele era aposentado. A vítima era casada com Maria Fabiana dos Santos. Ele era pai de um menino de oito anos.

Segundo o laudo emitido pelo Instituto Médico Legal, o óbito de Genivaldo foi causado por conta de uma asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda. Ainda estão sendo feitos outros exames, para detalhar a razão do falecimento, mas ainda não estão concluídos.De acordo com uma nota emitida pela PRF, ele passou mal durante a condução para a delegacia da cidade e foi levado “de imediato” para o Hospital José Nailson Moura, local em que foi constatado o óbito.

Família de Genivaldo

A família de Genivaldo contesta que ele tenha resistido à abordagem policial. O sobrinho dele, Wallison, disse que o tio não mostrou força em nenhum momento e que, na hora em que houve a abordagem, ele levantou as mãos e a camisa para mostrar que não estava armado. De acordo com seus familiares, ele era esquizofrênico e tomava remédio controlado a aproximadamente 20 anos.

0 Comments:

Responsive

Ads

Here