Pai doa órgãos de jovem morto após Hilux capotar durante racha com BMW

Pai do jovem de 20 anos que teve morte cerebral após a caminhonete Hilux em que estava com amigos capotar durante um racha com uma BMW em Goiânia, o gerente administrativo Cleuber Rodrigues de Lima, de 47, decidiu doar os órgãos do filho.

Wictor Fonseca Rodrigues é a segunda vítima que morreu após o acidente, ocorrido na madrugada o último sábado (7/5).
“Meu filho era uma pessoa do coração muito grande e muito forte. Não deixava ninguém na mão. Era companheiro, amigo, sempre buscava fazer o bem e se preocupava com o outro. Por isso, pensei em amparar um pai ou uma mãe que está angustiada, esperando órgão para seu filho”, disse ele, aos prantos, ao Metrópoles.
Segunda morte

Wictor teve a morte cerebral confirmada na última terça-feira (10/5), três dias depois do acidente. Ele estava na caminhonete Hilux que participou de um racha na Avenida T-9 com uma BMW e capotou.

No mesmo veículo, estava a adolescente Marcella Sônia do Amaral, de 15 anos, que foi arremessada para fora do veículo e morreu no local. Ele ficou internado por três dias no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Finanças