Serial Killer de Pets é acusado de envenenar cães e gatos dos vizinhos

Na segunda, uma mulher viu seu cachorro passando mal, após comer um pedaço de carne envenenado com raticida. Porém, o animal não sobreviveu. Chorando, ela gravou o cão morto e indignada.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais militares chegaram até a rua da Paz, onde encontraram uma aglomeração. Os vizinhos relataram que o idoso estava envenenando os animais domésticos do local.

O homem foi chamado para prestar esclarecimentos na Central de Flagrantes. Em seguida, ele afirmou que iria pegar seu documento, mas entrou rapidamente em um banheiro e tentou jogar no vaso sanitário uma sacola de plástico.

Os militares impediram o suspeito. Dentro da sacola, flagraram que havia uma certa quantidade de farelo e veneno de rato.

A prática de abuso e maus tratos a animais agora é punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda. Atualmente, o crime de maus-tratos a animais consta no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais 9.605/98.

O idoso foi autuado em flagrante delito. Como a legislação considera o crime de baixo potencial ofensivo, o “serial killer de pets” vai responder em liberdade.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Finanças