Passageira que foi presa com fita adesiva a assento de avião recebe maior multa da história

Mulher atacou a tripulação e tentou abrir porta da aeronave em pleno voo


Uma passageira que precisou ser presa a um assento de avião com fita adesiva após atacar a tripulação e tentar abrir a porta da aeronave em pleno voo recebeu a maior multa da história já aplicada pela Administração da Aviação Federal (FAA), dos Estados Unidos.

Segundo a FAA, o valor da multa é de US$ 81.850.

O episódio aconteceu em julho de 2021 em um voo da American Airlines que ia de Dallas, no Texas, até Charlotte, na Carolina do Norte. Após a mulher cair no corredor do avião, ela teria ameaçado um membro da tripulação que se ofereceu para ajudá-la. Em seguida, ela tentou abrir a porta da cabine, mas foi impedida.

Uma outra multa no valor de US$ 77.272, a segunda maior da história da FAA, envolve um passageiro que teria tentado abrir a porta do avião e mordido várias vezes um outro passageiro. O episódio aconteceu também em julho de 2021 em um voo de Dallas até Atlanta.

— Se você estiver em um avião, não seja um idiota e não coloque em risco a tripulação e outros passageiros — disse Pete Buttigieg, secretário de Transportes dos Estados Unidos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Finanças