Mulher é morta a tiros enquanto abraçava filho para proteger jovem de disparos no Ceará

Uma mulher foi morta a tiros enquanto abraçava o filho para protege-lo dos disparos no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O alvo da ação criminosa, um jovem de 29 anos, e o pai dele também foram baleados, mas sobreviveram. As informações são do Diário do Nordeste. A dupla apontada como autora do crime foi presa nesta sexta-feira (22), pela Polícia Militar do Ceará (PMCE).

O crime aconteceu nesta quinta-feira (22), na Rua Padre Cícero, no bairro Picuí, quando dois homens teriam invadido a casa de Cirleide Maria Braga de Oliveira, de 47 anos, e atirado contra a mulher, o filho e o pai dele.

A dupla suspeita de cometer o crime foi presa por uma equipe da Força Tática do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), comandada pelo tenente-coronel Hideraldo Bellini e pelo tenente Hermidio. Informações preliminares da PM dão conte de que os acusados tinham o objetivo de matar o filho de Cirleide por vingança, após ele supostamente ter matado um "inocente".

Com os suspeitos, foram apreendidas uma pistola calibre 380, duas espingardas artesanais calibre 12 e munições. Ainda segundo a polícia, um deles já respondia por um homicídio cometido contra o próprio primo e por porte ilegal de arma de fogo. O segundo suspeito respondia pelos crimes de homicídio e desacato.

Todo o material apreendido foi encaminhado juntamente com a dupla para a Delegacia Metropolitana de Caucaia, da Polícia Civil do Ceará (PC-CE). Os suspeitos foram autuados e devem permanecer presos, enquanto aguardam à disposição da Justiça.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Finanças