Lutador de artes marciais morre baleado após tentar desarmar policial

O lutador de artes marciais Alex Censi, de 26 anos, morreu após tentar tirar a arma de um policial militar em Pinhalzinho (SC), no domingo (17). De acordo com a polícia, ele teria tentado interferir em uma ocorrência sobre uma briga de casal. As informações são da Record TV e do R7.

Conforme os agentes, Alex não tinha nenhuma ligação com o casal, mas se aproximou da equipe e tentou interferir. Ele teria sido orientado pelos policiais a se retirar, mas se recusou a fazer isso.

Na sequência, ele partiu para cima dos policiais, tentando tomar a arma de um deles. Segundo a PM, o policial se desequilibrou e caiu em um barranco do outro lado da rua. Um colega do policial atirou contra Censi, que fugiu correndo. Ele morreu no hospital.

Segundo testemunhas, Alex praticava artes marciais e tinha diversas passagens pela polícia. Em nota ao R7, a Polícia Civil informou que instaurou um inquérito para apurar a ocorrência e analisar se houve algum excesso por parte dos policiais.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Finanças