Homem preso em operação da PF teria abusado de criança e registrado ato em vídeo

A Polícia Federal prendeu na manhã dessa terça-feira, 19, em Maceió, um homem investigado por abusar sexualmente de uma criança, além de ter filmado e fotografado o ato. A prisão ocorreu durante a deflagração da fase ostensiva da Operação Alcatéia 2, na qual também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e de um mandado de prisão preventiva expedidos pela Justiça Federal.

Segundo a PF, as evidências do crime foram obtidas após análise do material apreendido nas operações Lobos 2 e Alcatéia, que investigam o armazenamento e a disseminação de vídeos com cenas de pornografia infantil pela deepweb e através de aplicativos de mensagens, bem como o estupro de vulnerável e corrupção de menores dentre outros crimes. Os policiais identificaram um vídeo no qual o investigado aparece praticando atos libidinosos com uma criança que seria o seu sobrinho.

Durante as buscas, foram apreendidos pen drive e smartphones que serão periciados pela Polícia Federal. O resultado da análise do material apreendido, será juntado no respectivo inquérito policial.

A Polícia Federal continuará as investigações com o objetivo de identificar, localizar e resgatar eventuais novas vítimas de abuso sexual e, se for o caso, responsabilizar os pais ou parentes dessas crianças, que foram coniventes ou que deixaram de adotar as medidas necessárias para que esses fatos não ocorressem.

O homem foi indiciado nos crimes de estupro de vulnerável (artigos 217-A do Código Penal) e produção de material pornográfico contendo cenas de abuso sexual de criança (artigo 240, § 2º, III da Lei 8.069/90 - Estatuto da Criança e do Adolescente), as penas para esses crimes, quando somadas podem chegar a 23 anos de prisão.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Finanças