Mulher que ficou nua em comércio para dizer que não cometeu furto é presa dois dias depois por outro crime

 

A mulher de 36 anos que tirou ficou nua para tentar provar que não havia cometido um furto em um supermercado em Aracati foi presa dois dias depois, neste domingo (6), por furto de relógios e uma carteira roubados. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a mulher já possui passagens por furto e foi presa neste domingo (6).

Segundo a Secretaria da Segurança, a mulher foi conduzida para a Delegacia Regional de Aracati, onde foi autuada em flagrante por furto e falsa identidade.

Conforme apuração da polícia, ela se apresentou com um nome falso na delegacia. A Polícia Civil apura o envolvimento da capturada em outros furtos ocorridos na região. Ainda de acordo com a polícia, a mulher encontra-se à disposição da Justiça. Já os objetos furtados foram restituídos para a vítima.

Mulher flagrada furtando celular de cliente

Segundo um funcionário do estabelecimento, os seguranças flagraram a mulher abrindo a bolsa de uma cliente que estava em uma fila e furtando o celular dela.

Para mostrar que não estava com o aparelho, a mulher tirou a própria roupa. Vídeos enviados ao g1 mostram ela no supermercado, gritando e com os seios à mostra. O caso gerou um tumulto no local e a Polícia Militar foi acionada.

Ainda segundo um funcionário, que preferiu não se identificar, imagens das câmeras de segurança do estabelecimento que mostram a mulher furtando o celular já foram entregues à polícia, e um boletim de ocorrência foi registrado.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Finanças