Provas do concurso público de Gravatá são suspensas por força da justiça - Timbaúba 24 Horas

Mobile Menu

Top Ads

Responsive Leaderboard Ad Area with adjustable height and width.

More News

logoblog

Provas do concurso público de Gravatá são suspensas por força da justiça

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020


 

Está entre os assuntos mais comentados na noite desta quinta-feira (3) a suspensão das provas presenciais do concurso público de Gravatá, agreste pernambucano, que estavam marcadas para os dias 05,06,12 e 13 de dezembro deste ano.


A ação civil pública foi movida pelo promotor da 1ª Promotoria de Justiça de Gravatá, Epaminondas Ribeiro, cuja decisão foi assinada eletronicamente pelo juiz de direito por volta das 19h.

A decisão foi tomada sob o argumento fundamental que a aplicação das provas provocaria aglomeração e reunião de centenas de pessoas, que mesmo usando máscaras e utilizando álcool em gel estariam indo em desencontro das normas sanitárias, representando risco à saúde.

A banca organizadora do concurso não poderá aplicar as provas até que seja comprovada segurança total dos candidatos do concurso, que atrairá pessoas de diversas partes do Estado. Em caso descumprimento a empresa ganhadora para realizar o concurso pagará multa de até R$ 5 milhões de reais.

REPERCUSSÃO NEGATIVA:

Não demorou muito para milhares de ‘concurseiros’ ganharem as redes sociais criticando a medida do MPPE e do Poder Judiciário local protocolar e suspender as provas, respectivamente.

PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário